Como Configurar Header Bidding De Vídeo Com O Pubguru? – (Lance de Cabeçalho)

Como Configurar Header Bidding De Vídeo Com O Pubguru? – (Lance de Cabeçalho)

O Header Bidding de vídeo (VHB) vem crescendo lentamente no pipeline do setor nos últimos anos. Os publishers (editores) apresentaram uma variedade de perguntas e estratégias. Desenvolvemos este guia como ponto de partida para publishers que queiram entrar de cabeça no VHB.

Quer as melhores dicas para aumentar sua receita e saber de tudo o que acontece no mundo da otimização de anúncios, Header Bidding e Ad Tech? Assine a nossa Newsletter e não perca nenhuma dica ou tendência da indústria.

Ter Conteúdo De Vídeo Original

Esse é de longe o aspecto mais importante de toda a publicidade em vídeo. Não ter conteúdo original pode ser punitivo no alcance social e da busca de todo o site. Você não pode vender impressões de anúncios se não tiver tráfego.

Não basta plagiar o vídeo de outra pessoa. Os editores que pegam o vídeo de outra pessoa e o apresentam como seu, têm uma responsabilidade significativa sob as leis de direitos autorais e de marca registrada. Isso não é apenas ilegal: na maioria dos países, o Facebook e o Google têm trabalhado extensivamente para diminuir o alcance dos sites que se envolvem nessa prática.

Não pegue o widget de conteúdo de vídeo de outro site, mesmo que a incorporação seja permitida. Vimos alguns sites tentarem contornar o problema da produção de conteúdo de vídeo pegando vídeos públicos de vídeo players e sites como o Youtube.

Tocar nos arquivos de vídeo do YouTube, geralmente é contra os termos de serviço do YouTube e pode te bloquear ou banir os serviços do Google. Para contornar isso, o site em questão carregou um anúncio em vídeo e, após a conclusão do anúncio em vídeo, em vez de puxar um aquivo de um player de vídeo, o publisher invocou a API javascript do Youtube para carregar e reproduzir um vídeo instantaneamente.

Além da possível responsabilidade legal e das proibições, a experiência do usuário dessa técnica é prejudicial à marca do publisher. O usuário é atingido pelo anúncio do publisher, seguido pelo anúncio do YouTube. Especialmente para vídeos curtos, isso pode causar danos substanciais à marca de um publisher.

Orçar Adequadamente Para Produção De Vídeo

Isso é ao mesmo tempo, uma vantagem e uma desvantagem para os publishers. A produção de vídeo custa significativamente mais do que artigos / imagens. É uma desvantagem porque o investimento inicial é maior, tornando a barreira da entrada mais alta.

É uma vantagem porque a maior barreira da entrada mantém os competidores afastados. De qualquer maneira, custa muito mais para gravar, editar, publicar e trafegar vídeos do que artigos e imagens, e os gerentes de receita precisam planejar adequadamente para isso.

Adequar O Arquivo De Vídeo Ao Conteúdo Da Página

Se o vídeo estiver em uma página de artigo, não há nada mais atraente do que adequar o conteúdo do vídeo ao artigo. Grandes sites de notícias tradicionais fazem isso, exibindo clipes de seus âncoras de redação e filmagens do noticiário que estão descrevendo.

Os sites de entretenimento fazem isso inserindo um vídeo sobre “20 novos usos de um widget” em uma página de post sobre esse widget. Adicionar um vídeo de artesanato em uma galeria de fotos engraçadas de gatos não é a mesma coisa.

Decida Se Você Permitirá O Outstream E / Ou Vídeo Em Banner

O Outstream (ou vídeos terceirizados) normalmente é executado como uma unidade de preenchimento parcial com um alto nível de CPM nas impressões renderizadas. A unidade de anúncios se camufla em um espaço em branco para apresentar um anúncio em vídeo completo. Geralmente, o vídeo volta a ser camuflado após a conclusão. Estes podem ser implementados com o VHB, mas são proibidos por muitos licitantes.

O vídeo em banner (IBV) normalmente tem taxas de preenchimento muito mais altas, mas muitas delas são repletas de fraudes em anúncios, pois a unidade geralmente é vendida como um intersticial de vídeo em vez de IBV. Eles também podem ser implementados com o VHB, mas novamente, são proibidos por muitos licitantes.

Muitos publishers preferem não exibir nenhum deles, devido ao impacto no peso e na usabilidade da página. Muitas implementações desses sites prejudicam o alcance de pesquisa e usabilidade dos sites por não seguirem os Melhores Padrões de Anúncios.

Além disso, muitos licitantes não aprovam o uso de seus PIDs de vídeo para Outstream ou IBV. Alguns licitantes dão uma olhada no site e, se eles veem IBV ou Outstream, ou que o conteúdo da página não corresponde ao vídeo, eles rejeitam o site categoricamente porque não querem se arriscar.

Para esses licitantes, é imprescindível combinar o conteúdo da página e o vídeo. Sem uma adequação entre os dois, os licitantes assumem que todos os vídeos no site são apenas IBV ou Outstream.

Evite Widgets De Vídeo E Players Proprietários

Vimos alguns deles surgirem, nos quais o fornecedor carrega um widget que mostra um vídeo entregue pelo fornecedor (não pelo publisher) e exibe anúncios em vídeos, periodicamente. O problema aqui é que a maioria das grandes fontes de demanda de vídeo não aprova os mesmos para seus anúncios. Esse conteúdo tende a ser de vídeos sindicados ou de imagens de stock, que são, em maioria ou totalmente, irrelevantes para a página, e o fornecedor está apenas fazendo um ciclo de leilões VPAID.

Pode ser também um desses widgets que extrai uma linha de texto do artigo e sobrepõe o texto às fotos de stock em um arquivo de vídeo. É um conteúdo de vídeo de qualidade extremamente baixa, nos quais a maioria dos concorrentes não tem interesse. Além disso, eles não são trafegados como tags de vídeo e geralmente não são compatíveis com nenhuma plataforma VHB.

Decida Se Você Reproduz Vídeos Via Jwplayer Ou Videojs

A opção mais barata para os publishers que desejam entrar nessa, é o videoJS. O JWPlayer possui significativamente mais recursos, mas vem com um preço muito mais alto. Nossa solução de VHB é compatível com ambos.

Com nossa sofisticada tecnologia de Header Bidding de vídeo, os publisher não precisam escrever o código inteiro do vídeo. Basta usar o div de vídeo do PubGuru para chamar o player e exibir anúncios sem mais esforços.

<b><i>&lt;div class="pg-video" src="//some-path-to-video-file" id="ad-unit-slot"&gt; &lt;/div&gt;</i></b>
Digamos que o site use o JWPlayer. Em vez de adicionar o código do player no script, o editor pode adicioná-lo a um único ID de div.

Tire isto:

&lt;div id="site-video-player" data-tech="jwplayer-platform"&gt;&lt;/div&gt;

&lt;script&gt; jwplayer("site-video-player").setup({ "playlist":"<a href="https://content.jwplatform.com/v2/media/abCDef?recommendations_playlist_id=123abc4">https://content.jwplatform.com/v2/media/abCDef?recommendations_playlist_id=123abc4</a>"}); &lt;/script&gt;

e substitua-o por:

&lt;div id="site-video-player" class="pg-video" playlist="<a href="https://content.jwplatform.com/v2/media/abCDef?recommendations_playlist_id=123abc4">https://content.jwplatform.com/v2/media/abCDef?recommendations_playlist_id=123abc4</a>"&gt;&lt;/div&gt;

Para o videoJS player, você pode usar:

&lt;div id="tt-video_html5i" class="pg-video" data-tech="videojs" src="<a href="https://abc.com/system/watch-video/2/720/174.mp4?123456">https://abc.com/system/watch-video/2/720/174.mp4?123456</a>"&gt; &lt;/div&gt;;

Decida Onde Você Hospedará Seus Arquivos De Vídeo

Você normalmente precisa de uma rede de entrega de conteúdo (CDN). Isso pode vir na forma de S3+Cloudfront da Amazon Web Services, ou o CDN do JWPlayer, se você optar pela plataforma de vídeo deles ou por outros provedores de serviços de CDN, como a Akamai.

Obtenha Uma Página De Teste Ao Vivo

Sua equipe de operações de anúncio do PubGuru, te fornecerá as tags de vídeo para colocar em seu site. Coloque as tags em uma página de teste normalmente não acessível ou vinculada a outras páginas do seu site.

A maioria das implementações funciona na primeira tentativa, mas às vezes os editores estão executando módulos que interagem negativamente com o estoque VHB. E você não vai querer trafegar tecnologia de anúncios disfuncional na maior parte do seu tráfego, não é mesmo?

Conclusão

Quer fazer Header Bidding de vídeo em seu site? Inscreva-se na MonetizeMore hoje mesmo para começar!

Kean Graham

Fundador da MonetizeMore

Kean é especialista em otimização de anúncios cobrindo áreas como otimização e configuração do AdSense, gerenciamento do GAM e parceria com redes de anúncios de terceiros. Kean acredita na supremacia de negócios diretos com os editores e otimização holística como principais formas de efetivamente e consistentemente aumentar receitas com anúncios.

RECEBA DICAS ATUALIZADAS DE OTIMIZAÇÃO DE ANÚNCIOS DIRETAMENTE NA SUA CAIXA DE ENTRADA

Fill out my online form.

Submit a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *