11 formas de ganhar dinheiro como criador de conteúdo

Monetização de Sites e Apps
outubro 14, 2023 | by Ignacio Hernández

Se você é um criador de conteúdo ou tem afinidade com a produção de conteúdo, seja ele escrito, visual ou em vídeo, é possível que você já tenha se perguntado como monetizar seu trabalho e transformá-lo em uma fonte de renda sustentável.

A boa notícia é que existem diversas formas de ganhar dinheiro como criador de conteúdo na internet, desde a produção de conteúdo patrocinado até a venda de infoprodutos.

Hoje, apresentaremos 11 dessas formas, além de explicar como a mídia programática pode ser uma grande aliada nessa jornada.

O mercado digital e a tendência de consumo de conteúdo online

O mercado digital tem apresentado um crescimento contínuo nos últimos anos e a tendência é que essa expansão se mantenha nos próximos anos.

Segundo o relatório “Digital in 2021” (em inglês), produzido pelas empresas Hootsuite e We Are Social, mais de 4,6 bilhões de pessoas ao redor do mundo já usavam a internet, o que representava cerca de 59% da população mundial.

Além disso, o relatório indica que o tempo médio que as pessoas passavam na internet havia aumentado para mais de 6 horas por dia em 2020, o que representava um aumento significativo em relação aos anos anteriores.

Essa tendência de aumento no consumo de conteúdo online é um fator fundamental a ser considerado pelos criadores de conteúdo que buscam monetizar suas produções e explorar as diversas opções disponíveis no mercado digital.

Portanto, é cada vez mais importante estar presente no ambiente online e saber explorar as diversas vertentes de monetização disponíveis para garantir o sucesso como criador de conteúdo. A utilização de técnicas de SEO e a escolha adequada das plataformas e parceiros de monetização são estratégias que podem contribuir significativamente para o aumento dos ganhos nesse mercado em constante evolução.

Quando monetizar seu conteúdo?

É importante levar em consideração que a monetização pode afetar a relação entre o criador de conteúdo e sua audiência, então é preciso ter cuidado para não transformar todo o conteúdo em uma ferramenta de vendas. Isso quer dizer, para ter uma monetização de sucesso, é primeiramente importante estabelecer uma base sólida de conteúdo relevante e de qualidade, bem como construir uma audiência engajada.

Outro fator a ser considerado é o tipo de conteúdo produzido e o público-alvo. Algumas formas de monetização, como anúncios, podem ser mais invasivas na experiência do usuário, enquanto outras, como infoprodutos, podem ser mais bem aceitas pelo público.

Em resumo, encontre um equilíbrio entre oferecer conteúdo de qualidade e rentabilizar o seu trabalho, sempre considerando a experiência do usuário e a sua relação com a audiência.

Quando seu site/blog estiver recebendo uma quantidade relevante de tráfego, pode ser um dos momentos mais oportunos para começar a monetizar seu conteúdo.

Opções de Monetização para Criadores de Conteúdo

É inegável que a maioria dos editores escolhe monetizar seu conteúdo através do posicionamento de anúncios. Porém, para aprender e criar estratégias de como gerar receita diversificada com seu conteúdo, principalmente durante as quedas sazonais, é importante destacar os variados caminhos de monetização para publishers.

Vamos dar uma olhada em alguns deles:

1) Redes Sociais

As redes sociais são uma excelente ferramenta para o criador de conteúdo que deseja ganhar dinheiro.

Uma das maneiras mais conhecidas é o marketing de influência, no qual o publisher é pago para promover produtos ou serviços em suas redes sociais. Além disso, é possível criar sua própria comunidade, ganhando relevância para fazer publicidade para marcas.

As redes sociais também ajudam no marketing de afiliados, para levar tráfego para um site próprio, divulgar um app, entre outros. Portanto, trabalhar a presença nas redes sociais é uma possibilidade que pode ser combinada com todas as outras formas de monetizar.

2) Patrocínio direto

Outra forma de monetizar seu conteúdo é mediante patrocínios diretos com empresas que tenham afinidade com seu nicho.

Para isso, é importante que você desenvolva uma estratégia de marketing sólida (um mídia kit de qualidade chamará atenção), com um público bem definido e métricas claras de engajamento e alcance. Com essas informações em mãos, você pode buscar por empresas que possam se interessar em patrocinar seu conteúdo, oferecendo benefícios como exposição de marca através de anúncios da empresa na sua página, acesso a um público específico e outras vantagens.

Um dos benefícios desse tipo de acordo é a previsibilidade das receitas.

3) Blog/Site

Além da opção de venda de espaços publicitários diretamente para empresas, a mídia programática se tornou uma das formas mais efetivas e automatizadas de monetização.

Plataformas como o Google AdSense permitem a exibição de anúncios em blogs e sites de acordo com o perfil do público, aumentando a efetividade das campanhas publicitárias. Porém, escolher uma plataforma de monetização para além das tradicionais AdSense e Ad Exchange é o que diversificará e aumentará a sua receita.

Essas plataformas conectam criadores de conteúdo e anunciantes e utilizam tecnologias de análise de dados e inteligência artificial para segmentar os anúncios e exibi-los para o público certo, o que aumenta a taxa de conversão e consequentemente os ganhos com a monetização.

A monetização na mídia programática funciona através de uma variedade de métricas. Por exemplo, uma delas é o CPM (custo por mil impressões), que paga uma quantia fixa para cada mil visualizações de anúncios; outra é o CPC (custo por clique), que paga uma quantia variável a cada vez que um visitante clica no anúncio.

Por último, é imprescindível destacar que para ganhar dinheiro com a mídia programática, seu site precisa ter uma quantidade considerável e ótima qualidade de conteúdo, além de seguir as políticas de conteúdo do Google.

Além da monetização com mídia programática, também é possível usar a estratégia de Branded Content, ou seja, criar conteúdo patrocinado para marcas e realizar parcerias com outras empresas relacionadas ao seu nicho de atuação.

criador-de-conteudo

4) Aplicativos

Se você tem habilidades de programação e desenvolveu um aplicativo, saiba que também é possível ganhar dinheiro com ele.

Além da venda direta na loja de aplicativos, é possível utilizar a mídia programática para exibir anúncios em seu app e receber uma porcentagem por clique ou visualização.

5) Marketing de Afiliados

O marketing de afiliados é uma das maneiras mais populares de ganhar dinheiro na internet.

Nessa modalidade, o criador de conteúdo promove um produto ou serviço em suas redes sociais, blog ou site, e recebe uma comissão por cada venda realizada através do seu link de afiliado.

É importante destacar que, para ter sucesso com o marketing de afiliados, é preciso escolher produtos ou serviços alinhados com o seu nicho de atuação e com o interesse do seu público. Caso contrário, você corre o risco de perder a credibilidade junto à sua audiência.

6) Infoprodutos

Os infoprodutos são produtos digitais que podem ser vendidos na internet, como e-books, cursos online, webinars, entre outros. Essa é uma das formas mais lucrativas de monetização para criadores de conteúdo, por permitir a venda de produtos de alto valor agregado para um público qualificado.

Para criar um infoproduto de sucesso, é importante que você tenha conhecimento e autoridade sobre o assunto abordado e o conteúdo seja de qualidade e realmente agregue valor para o seu público.

Algumas plataformas para a criação e venda de cursos online, por exemplo, são a Udemy, Hotmart, Eduzz e muitas outras.

7) Serviços de Copywriting

copywriting é uma técnica de escrita persuasiva cujo objetivo é convencer o leitor a realizar uma ação específica.

Essa técnica pode ser uma excelente opção de monetização para os criadores de conteúdo, principalmente para aqueles que possuem uma audiência engajada e estão em busca de novas formas de rentabilizar seu trabalho.

Existem variadas maneiras de utilizar o copywriting como estratégia de monetização, como a criação de textos promocionais para produtos e serviços de empresas parceiras e a criação de landing pages persuasivas.

Além disso, o copywriting pode ser combinado com outras formas de monetização, como marketing de afiliados e infoprodutos, para maximizar os ganhos. É uma habilidade que pode ser aprendida e utilizada em muitas áreas da carreira de um criador de conteúdo.

8) Merchandising

Se você tem uma audiência engajada e quer monetizar seu conteúdo de forma criativa, uma opção interessante é através da venda de produtos relacionados ao seu nicho, como camisetas, canecas, adesivos e outros produtos personalizados.

Existem diversas plataformas que permitem que você crie e venda esse tipo de produto, como a Redbubble, Zazzle, Society6, Colab55 (brasileira) e outras.

O segredo aqui é criar produtos de qualidade e com um design atrativo, que represente bem o seu nicho e a sua marca pessoal.

9) Doações

Não é uma opção tão comum, mas se você tem uma comunidade de fãs do seu conteúdo, pode receber doações em dinheiro deles como forma de apoio e incentivo. Existem diversas plataformas que permitem que você receba doações, como o Patreon, o Ko-fi e o Apoia.se.

O importante aqui é oferecer benefícios exclusivos para quem doa, como conteúdo extra, acesso a grupos fechados, agradecimentos especiais e outras vantagens que incentivem as pessoas a contribuir com seu trabalho.

10) Planos de assinatura

Nessa modalidade, os criadores de conteúdo oferecem acesso exclusivo a conteúdos especiais e/ou antecipados para quem assina o plano.

Essa opção é especialmente interessante para aquele criador de conteúdo que, assim como na opção de doações, já possui uma audiência fiel e engajada, disposta a pagar por um acesso privilegiado. O que as diferenciam é que o plano de assinatura é uma forma mais previsível de receita, já que os pagamentos dos assinantes ocorrem de forma recorrente, proporcionando uma estabilidade financeira para o publisher.

Existem diversas plataformas que permitem a criação e gerenciamento de planos de assinatura, como os já mencionados Patreon, o Ko-fi, e o Substack, cada uma com suas particularidades e públicos-alvo específicos. É importante pesquisar e escolher a plataforma que melhor se adequa ao tipo de conteúdo produzido e ao perfil da audiência.

11) YouTube

youtube

O YouTube é uma das maiores plataformas de compartilhamento de vídeos do mundo e também uma opção de monetização de conteúdo para criadores.

Uma das maneiras de monetizar vídeos no YouTube é através do Programa de Parcerias do YouTube (YPP, na sigla em inglês), que permite que criadores de conteúdo ganhem dinheiro através da exibição de anúncios em seus vídeos.

Para se qualificar para o YPP, o canal precisa ter pelo menos 1.000 inscritos e 4.000 horas de tempo de exibição público nos últimos 12 meses, além de atender aos requisitos de elegibilidade do YouTube. Uma vez qualificado, o criador de conteúdo pode optar por exibir anúncios em seus vídeos e receber uma porcentagem da receita gerada por eles.

Outra opção de monetização no YouTube é através do Patreon, a já mencionada plataforma de financiamento coletivo que permite que seguidores apoiem seus criadores de conteúdo favoritos com uma assinatura mensal. O criador pode oferecer recompensas aos seus apoiadores, como acesso antecipado a vídeos, conteúdo exclusivo e até mesmo bate-papo ao vivo.

Além disso, o YouTube também permite que criadores vendam seus próprios produtos e serviços diretamente em seus vídeos através de links para sites externos.

É importante lembrar que, assim como em outras plataformas de monetização, o conteúdo de qualidade e a consistência são fundamentais para o sucesso no YouTube.

Como a mídia programática é uma aliada do criador de conteúdo?

A mídia programática é uma estratégia que vem sendo amplamente utilizada para monetizar conteúdo na internet, principalmente em sites e aplicativos.

Como mencionado anteriormente, essa forma de publicidade permite que os anúncios sejam exibidos de maneira automatizada e segmentada, considerando o perfil do público-alvo, interesses, comportamento e outras variáveis.

Porém, a mídia programática não é para todos e só será uma grande aliada na monetização para aqueles editores que criarem conteúdo como, por exemplo:

  • Blogs/Sites de conteúdo: isso inclui blogs de nicho (receitas, finanças, tecnologia), sites de notícias, sites de estilo de vida, portais de entretenimento e muito mais.
  • Buscadores: como o Bíblia Online ou o MapsApp. Os anúncios são exibidos com base nas palavras-chave pesquisadas pelos usuários, permitindo que os anunciantes alcancem seu público-alvo no momento certo.
  • Aplicativos: se seguirem as diretrizes de conteúdo. Podem ser jogos, por exemplo, excluindo aqueles de aposta ou que tenham alto risco de vício.

A partir disso, com a mídia programática, será possível exibir anúncios relevantes para o seu público, aumentando as chances de conversão para os anunciantes, tornando, assim, o seu inventário cada vez mais atrativo para eles e escalando a sua geração de receita via cliques e visualizações de anúncios.

Além disso, essa estratégia pode ser utilizada em conjunto com outras formas de monetização, como marketing de afiliados e infoprodutos, para maximizar os ganhos.

Ao utilizar a mídia programática, você tem a possibilidade de escolher os tipos de anúncios que deseja exibir em seu conteúdo e, com isso, aumentar a qualidade e relevância do seu material. Por exemplo, se você aborda temas sobre finanças, é possível exibir anúncios de produtos ou serviços relacionados ao tema, como curso de investimentos ou declarar imposto de renda.

Quer se tornar um criador de conteúdo premium e escalar a sua receita?

Como vimos, existem variadas maneiras de ganhar dinheiro como criador de conteúdo na internet.

A chave é identificar qual é a melhor estratégia para o seu perfil e nicho de atuação e investir na criação de conteúdo de qualidade e relevante para a sua audiência. Também mantenha a transparência e ética em todas as suas ações, construindo uma relação de confiança com seus seguidores e parceiros.

Além disso, é importante lembrar que a mídia programática pode gerar receitas significativas para os criadores de conteúdo, mas é necessário entender como essa estratégia funciona e como otimizá-la para obter os melhores resultados.

Por isso, é recomendável investir em conhecimento e tecnologia e ter um parceiro de monetização especializado em mídia programática para garantir uma boa performance na monetização.

Se o seu desejo é se tornar um criador de conteúdo premium, escalar a sua receita como nunca viu e ter um parceiro no qual pode confiar e que ainda seja pioneiro em publicidade programática, a MonetizeMore é a solução perfeita!

parceiro-de-monetizacao

Focados em conteúdo escrito (blog/site), monetizamos buscadores, como o MapsApp, mas não sites sem conteúdo. Portanto, para fazer parte da nossa rede de editores é necessário:

  • Proporcionar conteúdo único suficiente para atrair usuários ao seu site;
  • Construir uma boa experiência de usuário com elementos de navegação;
  • Seguir as diretrizes do Webmasters, evitando cloacking, páginas doorway, páginas geradas automaticamente, páginas duplicadas, etc.
  • Manter o conteúdo atualizado, incluindo data de publicação junto ao nome do editor.

Especialistas em maximizar seus lucros e com mais de 10 anos de experiência no mercado, já ajudamos mais de mil criadores de conteúdo a ter um aumento de até 400% de suas receitas através da nossa plataforma PubGuru. Ela é líder em tecnologia de monetização e dá acesso a plataformas premium como o Google Ad Exchange e o Google Ad Manager.

Portanto, se você já ganha mais de U$ 1000 mensal no Google AdSense, envia seu site hoje mesmo para uma avaliação gratuita!


Posts relacionados

– O que é uma agência de mídia programática? Entenda as AdTechs e parceiros de monetização

– Marketing nas redes sociais: saiba como levar tráfego para o seu site

– Quais as formas mais eficientes de conseguir anunciantes para o meu site?

– Como ganhar dinheiro com blog na mídia programática?

"Trabalhar com a MonetizeMore tem sido uma experiência transformadora, pois ajudou a aumentar minhas receitas gerais em mais de 180%"

Recommended Reading

conteudo-cpms-mais-alto-adsense
Dicas e guias de monetização
Last updated: fevereiro 28, 2024

Como otimizar conteúdo para obter CPMs mais altos no Google Adsense e no Ad Exchange

Read More
Marketing digital
Last updated: fevereiro 26, 2024

Conteúdo de qualidade: o que é e como criá-lo para monetização?

Read More
nichos-mais-lucrativos-do-adsense
Google
fevereiro 6, 2024

Os 5 nichos mais lucrativos do AdSense revelados: maximize seus ganhos e tenha sucesso online

Read More

Trusted by 1,500+ publishers worldwide

10X your ad revenue with our award-winning solutions.

Let's Talk

Fechar

Ready to 10X your ad revenue with the #1 ad management partner?

Start Now