Desvendando o mundo do Display Advertising

Formatos de anúncios
Last updated: novembro 27, 2023 | by Ignacio Hernández
display-advertising

This post was most recently updated on novembro 27th, 2023

Você já se pegou pensando sobre o impacto dos anúncios em seu site? Desde os primeiros banners estáticos até os formatos interativos de hoje, o Display Advertising moldou a experiência online. 

Como editor, você já se questionou sobre a evolução desses anúncios e como eles afetam a interação dos usuários com seu conteúdo? 

Neste post, mergulharemos nas origens, definições, formatos e estratégias do Display Advertising, explorando como essa ferramenta pode influenciar e potencializar seu alcance junto ao público.

O que é Display Advertising?

Refere-se à prática de promover produtos e serviços por meio de banners, vídeos, imagens e outros formatos visuais em sites, aplicativos ou redes de anúncios. Esses anúncios são exibidos em espaços designados nas páginas da web, visando capturar a atenção dos usuários e direcioná-los para o site do anunciante.

A eficácia do Display Advertising muitas vezes depende da estratégia de segmentação, da relevância do conteúdo do anúncio e da capacidade de engajar o público-alvo.

Formatos e tamanhos de Display Advertising

Os formatos mais comuns de Display Ads incluem:

Banners:

  • Leaderboard (728×90 pixels): posicionado na parte superior das páginas.
  • Retângulo Médio (300×250 pixels): geralmente exibido na barra lateral.
  • Arranha-Céu (160×600 pixels): vertical e colocado na barra lateral.

Rich media:

  • Anúncios interativos, que podem incluir vídeos, animações, jogos ou elementos de realidade aumentada.

Pop-ups e pop-unders:

  • Anúncios que aparecem sobrepostos à página ou por trás dela.

Skyscraper (300×600 pixels):

  • Um formato vertical grande que é colocado na barra lateral de uma página. Possui bastante espaço para conteúdo visual e texto.

Half page (300×1050 pixels):

  • Um formato vertical muito grande que é exibido na lateral da página, proporcionando uma área de visualização significativa.

Billboard (970×250 pixels):

  • Um banner horizontal de grande formato, geralmente posicionado no topo de páginas com muito conteúdo visual.

Mobile ads (Diversos Tamanhos):

  • Anúncios específicos para dispositivos móveis, como banners de tamanho reduzido, banners retangulares (300×50 ou 320×50 pixels) ou até mesmo anúncios intersticiais (320×480 pixels) que ocupam toda a tela.

Video ads:

  • Anúncios em formato de vídeo que podem ser exibidos em diferentes tamanhos, desde pequenos vídeos embutidos até vídeos em tela cheia.

Comparação detalhada com Native Ads

Display ads vs. Native ads:

Display Advertising Native Ads
Mais visíveis e facilmente identificáveis como anúncios. Integrados organicamente ao conteúdo da página.
Podem ser mais intrusivos, interrompendo a experiência do usuário. Menos intrusivos, mas podem ser menos notados pelos usuários.
Direcionam para ações específicas, como visitas a sites ou compras. Buscam gerar engajamento e interesse sem necessariamente conduzir a uma ação imediata.
Mais temporários, visíveis apenas enquanto o usuário está ativo na página. Podem ter um tempo de vida mais longo, permanecendo no ambiente por mais tempo.
A interação e a conversão podem ser menores devido à menor integração com o conteúdo e à possibilidade de serem mais intrusivos. A taxa de conversão e o engajamento podem variar dependendo da experiência de usuário proporcionada pela integração orgânica.
Tendem a ter uma CTR mais baixa devido à sua natureza mais perceptível como anúncios. Podem apresentar uma CTR mais alta devido à integração suave com o conteúdo.
Mais propensos a serem bloqueados por ad blockers devido à sua natureza mais intrusiva. Menos propensos a serem bloqueados, já que se integram ao conteúdo, evitando detecção como anúncios.
Geralmente exibidos em espaços designados nas páginas da web, como barras laterais ou cabeçalhos. Integrados ao conteúdo, podendo aparecer no feed de notícias ou em recomendações de artigos.
Oferecem menos flexibilidade em termos de personalização, muitas vezes seguindo formatos padrão. Permitem maior flexibilidade e adaptação ao estilo e formato do conteúdo onde são exibidos.
Menos controle para o editor sobre quais anúncios específicos serão exibidos. Mais controle sobre quais anúncios específicos são integrados ao conteúdo.
Podem ter um custo menor devido à sua visibilidade e alcance, mas potencialmente menor eficácia. Podem ter um custo mais elevado, porém, com potencial de maior eficácia devido à integração com o contexto.
Geralmente percebidos como anúncios comerciais, impactando a percepção da marca. Podem ser percebidos de forma mais positiva devido à sua integração mais suave e contextualizada.

Exemplos de native ads:

  • Posts patrocinados em redes sociais, como os “Promovidos” no Twitter ou os “Sponsored Content” no LinkedIn.
  • Anúncios de conteúdo recomendado em sites de notícias.
  • Publicações pagas no Instagram que se misturam ao feed de forma natural.

Vantagens de utilizar Display Advertising

  1. Visibilidade clara: os Display Ads são facilmente identificados como anúncios, o que pode ser preferível para os editores que desejam manter a transparência e a clareza para sua audiência.
  2. Maior inventário disponível: há uma gama mais ampla de anunciantes e campanhas disponíveis para Display Ads devido à sua natureza mais tradicional, o que pode resultar em mais oportunidades de preenchimento de espaços publicitários.
  3. Variedade de formatos: oferecem uma variedade maior de formatos e tamanhos, permitindo aos editores adaptar os anúncios de acordo com o layout e estilo do seu site, o que pode ser útil para otimizar a experiência do usuário.
  4. Facilidade de implementação: a implementação costuma ser mais simples e direta em comparação com a integração e customização necessárias para os Native Ads, o que pode economizar tempo e esforço para os editores.
  5. Potencial de receita estável: devido à natureza mais padronizada e acessível dos Display Ads, os editores podem prever com mais precisão a receita proveniente desses anúncios em comparação com os Native Ads, que podem ser mais variáveis e dependem de negociações específicas.
  6. Menor dependência de conteúdo patrocinado: os Display Ads podem reduzir a dependência do conteúdo patrocinado, permitindo que os editores monetizem seu site com uma variedade maior de anúncios, diversificando as fontes de receita.

Embora os Native Ads tenham suas vantagens, como a integração orgânica e o potencial de engajamento, os Display Ads oferecem benefícios tangíveis em termos de facilidade de implementação, previsibilidade de receita e flexibilidade na adaptação aos espaços disponíveis no site do editor. 

Mas, então, qual escolher: display ads ou native ads?

A escolha entre display e native ads depende dos objetivos da campanha e do público-alvo.

Display Ads são ideais quando:

  • O objetivo é gerar reconhecimento da marca.
  • A intenção é alcançar um grande número de pessoas de forma rápida.

Native Ads são preferíveis quando:

  • Busca-se um engajamento mais orgânico.
  • O objetivo é uma integração mais suave com o conteúdo.

Portanto, propomos uma estratégia híbrida combinando Display e Native Ads, proporcionando resultados eficazes para atingir diversos objetivos de marketing.

Abaixo, alguns pontos e tendências que indicam a eficácia dessa proposta.

Complementaridade de estratégias:

  • Aumento do engajamento: a combinação de estratégias de Display e Native Ads geralmente resulta em maior engajamento do público-alvo. O conteúdo orgânico pode preparar o terreno para os anúncios mais tradicionais, aumentando a eficácia da mensagem.

Diversificação de fontes de receita:

  • Maior resiliência: ao diversificar entre diferentes tipos de anúncios, os editores podem mitigar a dependência de uma única fonte de receita, garantindo uma base mais estável e diversificada.

Aumento da visibilidade da marca:

  • Amplo alcance: a combinação de Display Ads, que oferecem visibilidade clara, e Native Ads, que se integram ao conteúdo, pode ampliar a exposição da marca para diferentes segmentos de público, maximizando o alcance.

Adaptação à preferência do consumidor:

  • Variedade de formatos: diversificar entre diferentes formatos de anúncios pode atender às preferências variadas dos consumidores. Alguns preferem a clareza dos Display Ads, enquanto outros respondem melhor à integração orgânica dos Native Ads.

Estudos de caso e tendências de mercado:

  • Análises de campanhas: estudos de empresas de publicidade e análises de campanhas têm demonstrado resultados positivos ao combinar estratégias, criando o equilíbrio perfeito entre a visibilidade clara e a integração contextualizada.

Maximizando resultados

display-advertising-results

Para editores de conteúdo que desejam explorar o potencial do Display Advertising combinado com Native Ads, a MonetizeMore emerge como uma aliada fundamental. 

Nossos editores sócios têm acesso à nossa expertise em otimização de espaços publicitários, seleção de redes de anúncios e segmentação precisa, maximizando seus ganhos. E tudo de forma personalizada! 

Quer alcançar uma sinergia ideal entre visibilidade e integração, impulsionando seu sucesso na publicidade online? Inscreva-se, hoje mesmo, para ser parceiro da MonetizeMore!

________________________________________________________________________________

Leituras relacionadas

– Conheça o poder da mídia display: tudo o que você precisa saber

– Anúncio de vídeo in-stream: vantagens e implementação

OTT vs CTV (Streaming via Internet vs TV conectada)

"Trabalhar com a MonetizeMore tem sido uma experiência transformadora, pois ajudou a aumentar minhas receitas gerais em mais de 180%"

Recommended Reading

SITES MFA - o que são e por que evitar sites Made For Advertising?
Dicas e guias de monetização
março 1, 2024

Sites MFA: o que são e por que evitar sites Made For Advertising?

Read More
conteudo-cpms-mais-alto-adsense
Dicas e guias de monetização
Last updated: fevereiro 28, 2024

Como otimizar conteúdo para obter CPMs mais altos no Google Adsense e no Ad Exchange

Read More
Marketing digital
Last updated: fevereiro 26, 2024

Conteúdo de qualidade: o que é e como criá-lo para monetização?

Read More

Trusted by 1,500+ publishers worldwide

10X your ad revenue with our award-winning solutions.

Let's Talk

Fechar

Ready to 10X your ad revenue with the #1 ad management partner?

Start Now