Como Monetizar Um Aplicativo? Um Guia Prático!

Como Monetizar Um Aplicativo? Um Guia Prático!

Quer descobrir como monetizar um aplicativo? Seja você um desenvolvedor que quer monetizar seu trabalho ou um empreendedor que quer entrar no ramo investindo e contratando um desenvolvedor de Apps, esse artigo é pra você.

Esse é um guia prático, onde vamos explorar as principais opções do mercado para a monetização de aplicativos. Vamos lá?

Vender nas lojas (Apple / Google Play)

Essa é uma opção é uma das mais comuns, venda de downloads do seu aplicativo nas lojas da Apple (App Store) e na Google Play. Essa opção é também considerada a menos rentável se feita sozinha, ou seja, se sua monetização depende exclusivamente dos downloads.

Porquê isso acontece? As lojas ficam com uma comissão de 30% em cima dos preços de downloads. E o valor médio de um aplicativo hoje é de USD $0,96, ou seja, para conseguir fazer USD $2000 por mês, um app precisa fazer mais de 2000 vendas mensais.

Existem também os valores da conta de desenvolvedor que é necessário para a publicação do App. Na Apple App Store (iOS) o valor é de USD $99 por ano. Na Google Play Store o valor é de USD $25 dólares, pago uma única vez.

Isso, sem mencionar o custo de aquisição do cliente, o que vai depender do nicho do seu app. Por isso aconselhamos que esse método de monetização seja intercalado com outros métodos, um dos que falaremos a seguir.

Outra opção que casa com essa, é criar duas versões do seu App, uma gratuita que você poderá monetizar com anúncios e a outra paga que você vende o download ou a assinatura mensal.

Exibir anúncios através de Redes de Anúncios

As redes de anúncios geralmente pagam por CPM (Custo por mil impressões). A média dessa receita hoje para o Brasil, é de USD $0,50 a $3,00 por cada mil impressões. Esse valor varia de acordo com nicho do App, localização e número de usuários mensais.

Existem muitas redes de anúncios que oferecem monetização para aplicativos, aqui na MonetizeMore criamos uma lista das melhores redes de anúncios para aplicativos, então confira.

A Rede de anúncios mais popular para monetizar aplicativos no Brasil é o Google AdSense. É preciso enviar seu aplicativo para a aprovação e aguardar que o AdSense gere um código para que você possa implementar no seu App.

Depois disso os anúncios começarão a ser exibidos no seu App e você poderá receber o pagamento mensalmente.

De toda forma, aconselhamos que você tente também um parceiro de monetização, com uma equipe especializada e dedicada a levar o seu app a redes de anúncios premium. Dependendo do número de usuários no seu App, um parceiro de monetização é o próximo passo mais certeiro para a sua monetização.

A MonetizeMore é um parceiro de monetização que oferecer esse serviço aos editores e desenvolvedores de aplicativos, estamos abertos a ter uma conversa sobre seu aplicativo, basta entrar em contato.

Exibir anúncios do Admob

O Admob é hoje uma opção considerada fundamental na hora de monetizar um aplicativo. Ele é um produto do Google e está disponível para a distribuição de anúncios em aplicativos.

Ele funciona através de uma inscrição gratuita e para receber os pagamentos do Admob, é preciso ter uma conta do AdSense também, já que é por lá que você vai receber. O Admob também paga por CPM.

Depois que fizer sua inscrição, o Admob vai te enviar um código, igual que as redes de anúncios, para que seja implementado no seu App.

Em seguida você poderá escolher os formatos de anúncios que quer exibir. O Admob oferece alguns formatos de anúncios que você pode escolher de acordo com o design do seu App e a experiência de usuário que você oferece.

  • Banner: esses ficam na parte de cima ou debaixo da tela do usuário e vão se redimensionando de acordo com a tela do dispositivo e o conteúdo do App.
  • Intersticiais: esses são aqueles que ocupam a tela toda e vão aparecendo em intervalos de tempo ou de acordo com as transições naturais do conteúdo do App.
  • Vídeo: esses são vídeos curtos geralmente, que podem ser ignorados/fechados pelo usuário depois de 5 segundos.

monetizar um aplicativo

Além do formato dos anúncios, você pode gerenciar múltiplas redes de anúncios e otimizar seus ganhos.

O pagamento do Admob é feito até o 21º dia do mês seguinte e existe um mínimo de valor para o saque, mas esse valor varia de acordo com a moeda na qual você vai receber.

Facebook Audience Network (Rede de Públicos do Facebook)

Este é um produto do Facebook, a Rede de Públicos do Facebook se destina a oferecer mais espaço de publicidade para marcas que usam o Facebook para anunciar seus produtos e por consequência, é uma forma sólida de monetizar aplicativos.

A forma de inscrição na Rede de Públicos do Facebook é similar a das lojas Google Play e Apple Store, com a diferença de que você não paga por essa conta. Depois você envia seu aplicativo para revisão.

Se seu aplicativo cumprir com as diretrizes, seu cadastro será aprovado e você poderá passar à parte de implementação. Para integrar seu App no Facebook é preciso um SDK.

Quanto a formatos, recursos e pagamento, o Facebook Audience Network são parecidos aos do Admob. Ambas plataformas possuem estruturas de trabalho muito similares.

Os formatos são: Banner, Intersticiais e Vídeo. Um dos recursos valiosos do Facebook Audience é que ele permite que você gerencie mais de uma rede de anúncio em simultâneo, de maneira que você pode ir otimizando e gerenciando sua receita.

O Facebook Audience paga os criadores mensalmente, geralmente você recebe a receita de um mês na terceira semana do mês seguinte. Para que o crédito seja liberado é preciso um valor mínimo de 100 dólares.

Assinaturas

Planos de assinatura e recorrência são o modelo de monetização mais popular para versões premium dos Apps. Seja qual for o conteúdo do seu App, o usuário deverá pagar mensalmente para ter acesso.

Para trabalhar nesse modelo, você precisa se assegurar de que o conteúdo do seu App é valioso e que possui atualizações regulares, entregando sempre valor ao usuário, oferecendo soluções atrativas.

Nesse modelo a aquisição do usuário pode custar mais caro, já que você deve divulgar e conquistar o assinante através do oferecimento de um serviço valioso.

O interessante dessa opção, é que igual que os streamings de música, como YouTube e Spotify você pode oferecer uma versão Freemium, onde o serviço é mais limitado e você monetiza com anúncios.

Mas o sucesso dessa opção depende principalmente de que o serviço oferecido na assinatura seja de excelência e possa manter o usuário.

Intermediação financeira

Aplicativos que fazem intermediação financeira são muito comuns hoje em dia, principalmente os Apps de comida, como ifood, much e outros. Tem também o Airbnb que se tornou líder no ramo de alugueis, mediando entre viajantes e moradores locais que precisam de renda extra e estão dispostos a alugar um cômodo da casa ou apartamento.

Esses aplicativos ganham comissão sobre as vendas feitas pelas empresas para as quais estão mediando.

Esse tipo de monetização possui algumas bases:

  1. Estudo de mercado, para descobrir uma dor ou uma necessidade de um certo nicho de público, por exemplo: A necessidade de empresas de beleza de alcançarem mais clientes, oferecendo personalização e praticidade X Necessidade de potenciais clientes de poderem escolher produtos de beleza de forma mais personalizada para seu tipo de pele, sem sair de casa.
  2. Personalização do aplicativo de acordo com o nicho de público que quer atingir.
  3. Aquisição de empresas e aquisição de clientes, através de investimento em marketing e propaganda.

Conclusão

Seu trabalho árduo com desenvolvimento, marketing e aquisição de cliente para o seu aplicativo deve ser valorizado ao máximo!

Podemos te ajudar a configurar o modelo certo de publicidade para o seu aplicativo, incluindo a configuração de grupos de rendimento, testes de novos parceiros de demanda e otimizações diárias. Inscreva-se na MonetizeMore hoje mesmo!

Kean Graham

Fundador da MonetizeMore

Kean é especialista em otimização de anúncios cobrindo áreas como otimização e configuração do AdSense, gerenciamento do GAM e parceria com redes de anúncios de terceiros. Kean acredita na supremacia de negócios diretos com os editores e otimização holística como principais formas de efetivamente e consistentemente aumentar receitas com anúncios.

RECEBA DICAS ATUALIZADAS DE OTIMIZAÇÃO DE ANÚNCIOS DIRETAMENTE NA SUA CAIXA DE ENTRADA

Submit a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *